EcoFotos | Viaje pelo mundo da fotografia

[MG] Aiuruoca

Desde que comecei a praticar ecoturismo, há cerca de 10 anos, eu ouço falar de Aiuruoca, mas até então não tinha tido o prazer de conhecer esse pedacinho de paraíso.

Aiuruoca está localizada no sul de Minas e dista 350 km de São Paulo pela via Dutra ou 360 Km pela Rod. Fernão Dias. O município é bem simpático e está a 800 m de altitude, porém as grandes atrações são as cachoeiras e serras da região que chegam ultrapassar os 2200 m de altitude.

Um dos atrativos do município, que aliás, lhe dá o nome, é o Pico do Papagaio. Aiuruoca, em linguagem indígena significa “casa de papagaio”.

:::

Confira a galeria de fotos dessa viagem

Nosso roteiro

Nossa viagem foi feita com grupo de amigos e partimos de São Paulo numa sexta feira chuvosa e com muito trânsito. Após duas horas de marginais conseguimos chegar no ponto de encontro – 1º posto BR da Rod. Airton Senna.

O grupo era composto por 5 casais em 4 jipes: Defender 90, 110, Suzuki Jimmy e Discovery. Partimos por volta das 20:30h e cerca de 1:30h da manhã estávamos chegando em Aiuruoca, ou melhor, na entrada da trilha que nos levaria até a Pousada do Lado de Lá.

Como havia chovido bastante, já estávamos prevendo alguma dificuldade. Foi só falar e nossa amiga Erocita teve dificuldades de subir com os pneus originais da Discovery. Nada que um reboque de cinta não resolvesse o problema. Quando faltava apenas cerca de 2km para chegar na pousada ela teve o pneu cortado numa pedra. Devido ao horário a solução foi ela deixar o carro lá e vir com os outros.

Chegamos na pousada às 3h da manhã e o Gilherme nos esperava com o fogão de lenha aceso e com uma sopa quente.

No sábado acordamos com uma neblina densa, onde não se enxergava além dos 10 m. O café, servido em frente ao fogão a lenha, se estendeu até bem tarde. Todos conversavam e contavam suas histórias no aconchego do fogo.

Durante a tarde caiu uma forte chuva e praticamente não saímos da pousada. Porém, no fim da tarde abriu um céu azul de brigadeiro e não precisa dizer que todos saímos para finalmente conhecer o local e somente aí podemos nos dar conta da beleza do local.

Pegamos os jipes e fomos até o retiro dos Pedros, um local de extrema beleza passando por desfiladeiros de onde se podia ver a névoa tentando subir a montanha.

A noite estava incrivelmente limpa e fazia tempo que eu não via um céu tão estrelado. Domingo amanheceu ensolarado e tirei a manhã para caminhar pelas redondezas fotografando o local.

Fomos até a cachoeira dos Garcias e a prainha, locais a cerca de 30 min de carro da pousada.

Após o almoço retornamos para São Paulo, que apesar de ser uma longa viagem, foi tranqüila, pois estávamos ainda curtindo o maravilhoso final de semana.

Dica

Os grandes atrativos da pousada são:

  • Não ter energia elétrica;
  • Decoração oriental;
  • O acesso é somente de 4×4;

—–
Serviço

Pousada do Lado de Lá
Aiuruoca – MG

Leia os 2 Comentarios sobre esta viagem

Geraldo Tomaz ( Filin ) disse:
12/06/2012

Eu amo aventurar também, mas o tempo é curto pra mim e o dinheiro tmbém, gostaria que voce vitasse a Cidade de Rio Vermelho em Minas Gerais no distrito de Pedra Menina..tem cachoira e muitas serras e até carvena.

Obs: Gostei muitos das suas fotos dá até vontade de passar uns dias nesses lugares maravilhosos do nosso Brasil.

Matheus disse:
12/10/2012

Venham em aiuruoca mg aki é lindo e é muito tranquilaVenham em aiuruoca mg aki é lindo e é muito tranquila espero voces aki

Participe! Comente aqui