EcoFotos | Viaje pelo mundo da fotografia

[MG] Vale da Babilônia – Serra da Canastra

Essa viagem foi realizada no feriado de 7 de setembro de 2004 com destino a incrível região do vale da Babilônia, localizado entre os municípios de Delfinópolis e São João Batista do Glória – ao lado do P.N. da Serra da Canastra – MG.

O comboio foi composto por dois Defender 110, um Defender 90, uma pick-up Nissan e um Suzuki Jimmy.

:::

Confira a galeria de fotos dessa viagem


O local escolhido foi a Fazenda Babilônia cujos proprietários, seu Reginaldo e Da. Eliomar não sabem o que fazer para agradar seus hóspedes. As instalações são simples e usamos os próprios quartos da casa. A fazenda vive praticamente do leite e turismo e como o mangueirão fica ao lado da casa o despertador natural são os mugidos das vacas chamando seus bezerros.

Nosso roteiro

O ponto de encontro foi às 19h da sexta no posto BR da rodovia Bandeirantes. Para quebrar a monotonia de 8 horas de viagem, quase todos os carros estavam com rádio PX. Isso tornou a viagem super agradável e praticamente não a sentimos. Chegamos na Faz. Babilônia certa de 2:30h da manhã e o casal nos aguardava com um bom café e muito pão de queijo.

Dia 1 – cachoeira Casca D’Anta

A programação do dia consistia em visitar a parte baixa da cachoeira Casca D’Anta. Para isso um pequeno grupo saiu na frente de mountain bike e os demais nos jipes. Durante o dia íamos parando para descanso e encontrado os jipes que serviam de apoio com comida e água. A parte mais interessante foi subir a Serra Branca pedalando. Lá em cima a recompensa pelo esforço: um belo visual de todo o vale. Um ponto que me surpreendeu no visual foi o fato de todos os Ipês amarelos estarem maravilhosamente floridos.

Muitos visuais depois chegamos ao final da tarde na cachoeira. Sua altura impressiona e até que por ser época de seca estava com um bom volume d´água. O caminho de volta foi percorrido durante a noite e chegamos na pousada para o jantar depois das 21h.

Dia 2 – trilha de jipes

O dia foi reservado para uma trilha de jipes com um churrasco na beira de rio. Saímos cerca de 10:30h da fazenda e passamos por lugares lindíssimos. As estradinhas serpenteavam o vale e em alguns pontos passavam pelas cristas dos morros de onde se podia avistar muito longe. O destino final seria um churrasco na Cachoeira do Zé Carlinhos, mas como era de difícil acesso, resolvemos ficar num rio antes da cachoeira e montamos um super churrasco na beira de rio. Desnecessário dizer que o churrasco foi de mínimo impacto no local e deixamos tudo limpo quando saímos.

Quando partimos já era noite e no caminho de volta tive um pneu furado. Conclusão: chegamos na Fazenda cerca de 23h.

Dia 3 – Cachoeira da Maria Augusta

Nesse dia houve uma divisão no grupo, pois o passeio seria descer um rio por cerca de 3 a 4 horas com coletes e hora boiando, hora caminhando pelas margens. O ponto de encontro foi a Cachoeira da Maria Augusta onde os demais viriam de jipe. O passeio foi muito legal e passamos por locais onde não há acesso pelas margens e como rio não é navegável somente quem desce por ele pode ver aquelas belezas. Como chegamos cedo na fazenda, essa noite rolou um bom bate papo antes do jantar.

Dia 4 – o retorno

Bom, esse é o duro dia de retornar. Mas antes vamos aproveitar o máximo e para não perder o costume fui juntamente com o Germano fazer uma caminhada no morro em frente a fazenda de onde se tem um bela vista para o vale. Partimos às 11h em direção a Sampa e com muito humor no PX encaramos as quase 9h de retorno.

Sem dúvida alguma essa foi mais uma deliciosa viagem que participei e os pontos altos foram: o local (fazenda e região), as pessoas (nosso grupo, Seu Reinaldo e Da. Eliomar) e a programação super animada. Tanto que, no caminho de volta já estávamos programando a próxima 🙂

——
Serviço

Pousada da Babilônia
Sr. Reinaldo / Da. Eliomar
Delfinópolis – MG
(35) 3526-2152

Leia os 57 Comentarios sobre esta viagem

adriano disse:
07/04/2011

Olá a todos
Informamos que montamos passeios de quadriciclos no vale da babilonia, em frente a pousadababilonia. Adquirimos tambem rescentemente uma toyota bandeirante ano 96, 4×4, cabine dupla, e fizemos um toldo e bancos, para transporte de turistas ate as cachoeiras.
Infomações; 11.9553.9977 ou 35.9840.8553 – adriano

Nilson Ribeiro Sobrinho disse:
27/05/2011

Sou nacido na Babilonia na pousado da Vanda mas mudei de la eu estava com 6 anos de idade a inda tenho irmaõ que mora em Babilonia o nome dele e Jair fas 8 onos que nao vejo eu estou morando em Pirassununga S/P tenho saudade ate breve

affranca10@yahoo.com.br disse:
07/06/2012

Olá,

Meu irmão e eu estamos interessados em conhecer a Pousada Babilônia e levar nossos pais. Eles tem 63 anos, vieram da roça então gostam desse ambiente; mas nossa preocupação é: apesar de muito ativos gostaríamos de saber se seria uma opção adequada para eles. Papai tem diabetes, está bem controlada, mas tem;não temos carro e precisaríamos ir de rodoviária, como fazemos para chegar? É muito afastado do Centro? As trilhas de nível fácil são bem legais?
Queremos fazer atividades junto com eles, as opções masi puxadas faremos em alguns momentos à parte.
Oura dúvida é: Jipes e filmagem das cavalgadas, vcs tem idéia do valor?
Gostaríamos de algumas dicas do que fazer com eles. Obrigada!

ecofotos disse:
09/06/2012

Olá
Eu recomendo falarem diretamente na pousada. Eu apenas estive lá há vários anos. Mas adianto que não dá pra ir sem carro. É uma fazenda e bem longe da cidade. O site deles é http://www.pousadababilonia.com.br/
Abs

Silvia disse:
14/10/2014

Ola Adilson!

Parabens pelas suas fotos! Sao lindas! Eu tambem adoro fotografia, e sou amante da natureza de carteirinha!
Ainda nao tive o prazer de conhecer esse lugar maravilhoso, mas espero conhecer em breve!

Abraco

Henrique disse:
13/02/2015

quantos Km fica da pousada Babilônia até Cachoeira casca Danta?

Admin disse:
28/02/2015

Oi Henrique
Infelizmente não me lembro, mas não é distante pois fomos de carro numa manhã.
Abs

Participe! Comente aqui