EcoFotos | Viaje pelo mundo da fotografia

[SC] Encontro Land Rover em Floripa 2001

Finalmente após dois anos tentando ir para um encontro da Land Rover consegui participar do 4o Encontro Nacional da Land Rover, que aconteceu de 15 a 18 de novembro de 2001 em Florianópolis – SC. Como ainda não comprei o meu, fui como convidado de meu amigo Paulo Toledo, em sua Defender 110.
Com base nos relatos dos eventos anteriores minhas expectativas eram altíssimas e posso garantir que não me decepcionei com nada.

:::

Confira a galeria de fotos dessa viagem


O evento estava muito bem estruturado e o ponto alto foi a pontualidade da agenda, pois tanto os eventos noturnos como a largada das trilhas aconteceram nos horários previstos. Por medidas de preservação da ilha, todas as trilhas aconteceram fora dela. Abaixo está um breve resumo deste sensacional evento:

1º dia – Recepção e entrega dos kits

Houve a recepção dos visitantes com um quiosque na entrada de Floripa, onde foram distribuídos brindes (camisetas e bonés) e o programa do evento (horários, mapas e planilhas das trilhas). A noite houve o jantar de abertura com o pronunciamento do presidente da Land Rover no Brasil e foram dadas algumas dicas para as trilhas além de pequenas correções na planilha.

2º dia – Trilha básica

Aconteceu a trilha básica para todos os interessados. Como nós estávamos num grupo de amigos e o Paulinho já conhecia a região decidimos fazer apenas parte dela e curtir outros pontos próximos. Nós também estávamos com um “clandestino” no grupo, pois o Ricardo estava com sua Mitsubishi L200 em pleno evento Land Rover. A primeira emoção do dia começou cedo, pois quando passávamos por uma baia o Flávio atolou seu Defender 90 e foi necessário uso do guincho para tirá-lo. Aliás, esse episódio foi o assunto do resto do feriado.

3º dia – Angelina

Nesse dia o roteiro foi uma trilha até Angelina, onde houve um churrasco para todos os convidados. Houve uma opção de trilha leve ou pesada e obviamente pegamos a pesada e isso aumentou ainda mais a emoção do passeio e a integração de seus membros. Nos locais mais difíceis, enquanto se esperava a fila de carros, a troca de idéias e experiências rolava solta num bate-papo descontraído. A noite houve o jantar de despedida e uma festa bem animada.

4º dia – Volta para Sampa

Foi o dia de dizer adeus a ilha, tomar um café da manhã um pouco mais tranqüilo e enfrentar os 712 km de volta à São Paulo.

Participe! Comente aqui