EcoFotos | Viaje pelo mundo da fotografia

[RJ] Visconde de Mauá

Visc Maua 2013-05-002Após 17 anos decidimos (eu e minha esposa) retornar à Visconde de Mauá. Nossa primeira surpresa foi que a estrada, anteriormente conhecida como terrível por ser de terra e muito esburacada, está 100% pavimentada. A segunda foi que as vilas cresceram e oferecem muitas opções de estadia e bons restaurantes.
Como estávamos de férias, decidimos ir durante a semana para evitar o agito e os altos preços dos finais de semana. Bem, aí tivemos a terceira surpresa: as vilas praticamente ficam desertas durante a semana. Tanto que os restaurantes se revezam abrindo em dias alternados para não deixar os poucos turistas sem opção. Quanto ao comércio, apenas algumas lojas abrem. Mas como nosso objetivo era justamente descansar e curtir a natureza, tudo estava uma maravilha.

:::

Confira a galeria de fotos dessa viagem

As Vilas

Visc Maua 2013-05-103

Apesar do nome de Visconde de Mauá ser o mais conhecido e divulgado, existem 3 vilas que estão nesta ordem de acesso: Visconde de Mauá, Maringá e Maromba.

Visconde de Mauá, apesar de ser a mais conhecida, não é a que oferece maiores atrações. Possui uma rua principal, calçada de paralelepípedo e opções de pousadas. Não há grandes opções de restaurantes e comércio. Logo na entrada existe um quiosque de informações, que vale a pena ser visitado e o único caixa eletrônico (das 3 vilas) do Itaú. Um pouco mais a frente também está o único posto de gasolina (das 3 vilas)

A segunda vila é Maringá que está 5 km a frente. Nela estão as maiores opções de pousadas, restaurantes e lojas. Um fato interessante é que a vila surgiu às margens do Rio Preto que justamente divide os estados do Rio e Minas. Então existe a vila do Rio e a de Minas. Você pode escolher qualquer uma, pois existe uma ponte (para pedestres apenas) que permite o livre trânsito estas elas.
Apenas 3 quilômetros a frente, está a vila de Maromba. Embora menos agitada que Maringá, existe muitas opções de pousadas, mas poucos restaurantes e lojas. No centrinho há uma igreja e a grande atração é a proximidade das cachoeiras do escorrega, poção, véu de noiva, Santa Clara, dentre outras.
O acesso entre as vilas ainda é de terra, mas as obras estavam a todo vapor e em breve todo o trecho deverá estar asfaltado.

 

Cachoeiras do Alcantilado

Visc Maua 2013-05-046Para se ter uma ideia da tranquilidade, na 2ª feira fomos até o Alcantilado e só havia nós dois lá. Incrível poder curtir cada uma das quedas e fotografá-las sem pressa e sem ter que esperar um momento oportuno (sem muita gente na água).
Outro ponto que me agradou muito no Alcantilado foi a iniciativa do proprietário cobrar uma taxa (R$10/pessoa) para manter o local limpo, sinalizado e principalmente com facilidades de acesso, evitando acidentes. Nos locais susceptíveis a erosão, foram feitos degraus na própria terra com escoramento de madeiras e apoio para as mãos, evitando acidentes e a erosão do terreno. Nos locais de mais difícil acesso nas quedas d’água, foram colocados degraus de pedras nas rochas, também para evitar acidentes. Como o local é muito visitado, achei muito válido essa preocupação do proprietário.

 

Cachoeira do escorrega

Visc Maua 2013-05-136Sem dúvida, esta é a maior atração de Maromba. Ela tem uma área de pedra bem lisa que permite descê-la escorregando. Infelizmente, como estava me recuperando de uma cirurgia na boca, não quis arriscar.
Nas suas proximidades existem alguns bares e comércio de artesanatos e lembranças. Nos finais de semana e feriados é complicado chegar de carro e vale a pena fazer uma caminhada até o local.
Além das cachoeiras e caminhadas ainda existem opções de cavalgadas e passeios de moto ou quadricículo de alugados.

Nosso roteiro

Bem, como disse anteriormente nossa opção era ficar num local bem tranquilo e curtir a natureza. Após conhecer 6 pousadas, optamos por uma em Maringá (RJ), pela proximidade dos restaurantes e com uma excelente vista de toda a vila. Como estão no alto, os chalés são bem arejados, iluminados (naturalmente) e com uma vista incrível. Trata-se da Pousada Bella Mauá. Apesar de estar há apenas 800m de Maringá, o acesso não é dos mais fáceis. A inclinação da estrada é bem acentuada, mas dá pra chegar com carro de passeio sem problemas.
Além de bom serviço e acomodação, o proprietário ainda mantém algumas vacas leiteiras no mangueirão. Vale a pena acordar cedo e ir tomar o autêntico leite ao pé da vaca.

Dicas

  • Se não se importar em ficar longe do agito, ir durante a semana é mais tranquilo e barato.
  • Não deixe de conhecer as cachoeiras do Alcantilado.
  • Para quem tem 4×4 existem boas opções de trilhas para algumas cachoeiras mais afastradas.
  • Para quem quer aventura de 4×4, vale a pena seguir para Mirantão, Santo Antonio e Alagoa saindo no asfalto novamente em Itamonte. São cerca de 70km, sendo 50km de terra. Neste trecho de terra,  22km são de puro off-road, com muito aclive/declive e muitas pedras. Levei cerca de 1h e 30min para percorrê-lo.

Serviços

Pousada Bella Maua

Participe! Comente aqui