EcoFotos | Viaje pelo mundo da fotografia

Como escolher um equipamento profissional

Canon 5D Mark II

Bem, este assunto obviamente é bastante complexo e totalmente dependente de qual área da fotografia o equipamento será utilizado: fotojornalismo, estúdio, eventos, etc. Portanto, neste caso vou citar o meu próprio exemplo. Ou seja, vou narrar a investigação e análise que fiz para obter um equipamento profissional para uso em minhas viagens onde o tema principal é natureza. Preciso de uma câmera robusta, mas ao mesmo leve suficiente para ser carregada por horas no pescoço. Que suporte trekking por regiões muito secas ou úmidas, muito quentes ou muito frias.

Desde que adquiri minha primeira câmera digital em 2004, uma Canon Rebel 300D, sempre segui a linha amadora/semi profissional. Essas câmeras têm um excelente custo/benefício, mas deixam a desejar no quesito qualidade e resistência. Outro fato a ser levado em conta é que essas câmeras têm o tal do fator de corte.

O fator de corte é uma conseqüência do tamanho do sensor (CCD) ser menor do que a área do filme (24×36 mm) nas câmeras analógicas. Isso faz com que as lentes regulares dos fabricantes sejam “potencializadas” por esse fator, que é de 1.5x para Nikon e 1.6x para Canon. Ou seja, uma lente Canon EF 24-105 mm se torna uma 38,5-168 mm numa câmera Canon. Isso traz uma grande vantagem no final da faixa, pois você ganha uma tele-objetiva sem nenhuma perda de qualidade ou de luz, mas perde uma valiosa grande angular no início da faixa. Com o CCD menor o visor da câmera também é menor o que acaba dificultando um pouco a visualização do que está sendo enquadrado.

Canon EF 24-70mm f/2.8L USMBem, para resolver todos esses problemas e ter uma câmera que não precise ser substituída a cada 3 ou 4 anos, decidi seguir por um modelo profissional e full frame, ou seja, que não tem o fator de corte. Como já sou usuário de Canon a mais de 6 anos e tenho outras objetivas e flash a decisão por manter a marca pesou.
Também não existe nenhum modelo da Nikon (em Jan/2010) com as características e preços que me atenda. Portanto a decisão sobre o equipamento já estava fechado e seria pela Canon 5D Mark II.

A 5D Mark II foi lançada em Set/2008 e conta com um sensor full-frame de 21.1MP, life view, 3.9 FPS, filma em HD (1080p) e é resistente à chuva e poeira. Com tantos recursos ficou difícil resistir. Bem, acima dela existem os modelos tops que são dedicados aos profissionais de uso pesado: fotojornalismo e esportes principalmente que literalmente ralam o equipamento no uso diário.

EF 24-105mm f/4L IS USMBem, uma vez definido o corpo viria o segundo problema: quais as objetivas. Certamente iria optar por lentes da série L, ou seja, lentes profissionais da Canon. E há dois modelos que tive que estudar para escolher um: EF 24-70mm f/2.8L USM e EF 24-105mm f/4L IS USM. Inicialmente estudei o site da Canon comparando as especificações, consultei os fóruns para ver as opiniões de usuários, falei com vários amigos fotógrafos e finalmente fui à loja para pegar as duas na mão e sentir a diferença.

Para fazer os testes, escolhi a loja Photo Camara DHM na 7 de Abril em São Paulo, que além de bons preços já sou freguês há vários anos. Bem, praticamente só no pegar as duas na mão  já decidi, pois a 24-70 é muiiito pesada.

Para os testes levei um cartão de memória e fotografei várias cenas usando as mesmas regulagens nas duas lentes e depois tentei comparar as diferenças no computador. Obviamente para se notar diferenças o teste deveria ser mais apurado e com mais tempo, mas considerando o meu uso e principalmente os prós e contras de cada uma, minha decisão pairou sobre a 24-105. Não posso deixar de negar que o fator peso, literalmente pesou.

Um fato que me tranqüiliza de certa forma é que a próxima objetiva que vou adquirir é a 70-200 f/2.8L IS USM. Como as faixas se sobrepõem de 70 a 105mm eu terei 2.8 e também o IS na segunda lente. Bem, também terei que levar mais 1,5 Kg na mochila. Mas como diz o ditado: não existem mágicas e tudo tem seu preço.

24-70 f/2.8L USM

Prós

  • Mais luminosa (f/2.8)
  • Cristais de melhor qualidade

Contras

  • Mais pesada
  • Mais cara
  • Faixa de zoom menor
  • Não tem IS

24-105 f/4L IS USM

Prós

  • Faixa de zoom maior
  • Tem IS (estabilizador de imagens)
  • Mais barata

Contra

  • Mais escura (f/4)

Então o kit escolhido foi Canon 5D Mark II + 24-105 f/4L IS USM. Nas próximas matérias vamos falar dos acessórios e flash para este conjunto. Até lá.
Glossário

f/2.8 ou f/4 – Indica abertura máxima da objetiva (quanto menor o nro maior a abertura e mais luminosa a objetiva)
L – Indica objetivas da série profissional da Canon
IS – Image Stabilization – Estabilizador de imagens que compensa o tremor das mãos permitindo fotografar com até 3 pontos abaixo do recomendado
USM – Ultra Sonic Motor – Motor de foco rápido e silencioso

Apoio

Photo Camara DHM
Rua 7 de abril, 125 – Loja 30/32
Fone 11-3237-2717 / 3259/4249
Fax 11-3214-3473
São Paulo – SP

Participe! Comente aqui